Categories
artigo

cabos de aço

Os cabos de aço no campo de cultivo de lúpulo têm a função de sustentar, em conjunto com os postes, a estrutura necessária para que as plantas se desenvolvam.

O cabo de aço compõe a estrutura que, em conjunto com os postes, sustentará as plantas de lúpulo durante o seu desenvolvimento. Para dimensiona-lo é necessário considerar o número de plantas da linha. Assim, estipula-se um peso máximo para o auge de uma safra com vento e chuva, analisando os vãos livres entre os postes e a tensão de ruptura da bitola dos cabos. Recomenda-se também considerar um coeficiente de segurança.

CABO DE AÇO

Por ser mais estruturado, costuma ter uma tensão de ruptura superior à da cordoalha
de mesma bitola.

No entanto, o atrito entre os cabos de aço exerce uma força cortante, que, com o passar dos anos, pode levar ao rompimento dos cabos, principalmente, em áreas de muito vento e maior movimentação dos cabos.

CORDOALHA

Material mais barato e com uma pior maleabilidade, comparada ao cabo de aço,
o que dificulta o manuseio.

Entretanto, um ponto em que se destaca é sofrer menos
com o problema do auto corte.

CABOS PRINCIPAIS

São responsáveis por ligar os postes de ancoragem ao esteio, interligar as linhas de poste transversalmente às linhas de cultivo e sustentar os outros cabos secundários, que correrão no sentido do plantio.

Em algumas implantações, são utilizados cabos de mesma bitola para todas essas funções do cabo principal. Na Alemanha, é comum até o uso de mais de um cabo principal de borda, para dividir o esforço realizado pelos cabos secundários sobre o cabo principal.

CABOS SECUNDÁRIOS

Conectados aos cabos principais, correndo paralelos à linha de plantio, estão os cabos secundários. São os cabos onde serão amarrados os fios condutores das plantas (de sisal, por exemplo). Sua bitola depende muito do comprimento da linha de plantio e da densidade das plantas (distância entre elas).

No Brasil, há experiências do uso de arames grossos para essa função, substituindo cabo de aço ou cordoalha.

PEÇAS COMPLEMENTARES

Uma série de peças complementares são utilizadas para a montagem do sistema de cabo de aço, em que se destaca:

CLIPS, devem atender às especificações da bitola do cabo de aço e serem compatíveis também com as cargas aplicadas no sistema.

ESTICADORES, devem ser escolhidos em convergência com as cargas que serão aplicadas no cabo.

ARAME também é utilizado, com a função de fazer travas no encontro dos cabos.

CATRACA faz parte do conjunto da montagem, ajudando a tensionar os cabos de aço.